Os efeitos visíveis da Meditação

Efeitos da meditação são visíveis na prática ao longo do tempo. Apesar da diferenças culturais, tanto no oriente quanto no ocidente, a meditação é buscada para transformar o negativo em positivo.

As diferenças culturais entre o ORIENTE e o OCIDENTE são muito grandes.

Nas últimas décadas tem havido uma grande aproximação entre esses dois pólos, apesar dos conceitos e valores tão opostos em suas raízes.

No Ocidente estão as raízes do racionalismo, da ciência da matéria, da medicina alopata. Um foco muito grande para o corpo, os objetos externos, a valorização de tudo que é físico, visível, palpável.

Já no Oriente as raízes culturais partem de princípios espirituais. Crenças no poder sutil dos elementos, a preocupação com a mente, alma e intelecto, a busca do divino, o entendimento holístico do mundo.

Um dos conceitos que o Ocidente “importou” do Oriente é a prática da Meditação, também identificado como Yoga.

No primeiro estágio, o Ocidente foi buscar este conhecimento na fonte.

efeitos da meditação

Depois começaram a aparecer linhas diferentes de Meditação, adaptadas para a cultura ocidental, ou seja, os conceitos de Yoga do lado de cá, foram aplicados para o corpo.

Aqui as pessoas buscam relaxamento, tranquilidade, paz, serenidade, tolerância,.... através de posturas físicas, buscando resultados positivos para a saúde do corpo.

A partir daí, o Ocidente começou a atrair gurus. Vinham do Oriente para expandir este conhecimento e assim iniciaram a formação de diversos tipos e correntes de Yoga e Meditação.

Você sabia que este tipo de Yoga, através de posturas físicas, não existe na India? Esta foi uma versão criada pelos ocidentais.

Atualmente até a medicina ocidental já se rendeu aos benefícios da meditação.  Apesar de que sua avaliação também seja feita através do corpo físico, esta percepção externa dos benefícios da meditação tem hoje muito valor no ocidente.

As pessoas precisam ver os efeitos visíveis da meditação, para acreditar nos seus resultados. A expressão “Teste de São Tomé” é fruto direto dessa visão. Um reflexo direto de nossa raiz cultural.

É claro que a prática da meditação no oriente também gera muitos benefícios para o corpo. Eles também visíveis e percebidos por quem adota esta forma de transformação.

Apesar do foco da meditação no oriente buscar atuar na mente, no campo espiritual (pensamentos, intelecto, alma), as mudanças internas acontecem de forma holística. Tudo está relacionado. O que sentimos ou pensamos se reflete no exterior: no corpo, nos relacionamentos, na cura de doenças, etc.

A meditação é uma poderosa ferramenta para a tomada de decisões e autocontrole, que quando utilizada de forma prática no seu dia a dia, apresenta seus benefícios de forma clara e eficaz.

http://www.esensetreinamentos.com.br/tecnicas-meditacao-alta-performance/

Hoje podemos ver em todas as midias (web, tv, jornais,...) a meditação como um tema muito divulgado e utilizado nos mais diversos segmentos da sociedade:

EFEITOS DA MEDITAÇÃO NA SAÚDE

efeitos da meditação

A ciência começa a descobrir como as alterações no organismo, provocadas pela meditação, traduzem-se em efeitos na saúde.

Combate ao stress - há uma diminuição na atividade de genes do stress, como os que produzem inflamação, e um aumento na função dos genes que ajudam as células a produzir energia.

Ansiedade e Depressão - estudos sugerem que é semelhante a eficácia de antidepressivos e da meditação para tratar sintomas de ansiedade e depressão leve.

Infarto - voluntários que praticaram meditação, reduziram pela metade a chance de sofrer infarto ou derrame, em comparação com os que não meditaram.

Hipertensão - em pessoas com pressão arterial mais alta que o normal, mas que não precisam de medicação, houve redução maior nas que praticaram meditação.

Alívio da dor - mesmo em praticantes iniciantes, a meditação parece reforçar as áreas do cérebro envolvidas na sensação de dor.

Dependência química - a meditação ajuda a combater o uso de substâncias químicas, no uso crônico de medicamentos. Em pesquisa realizada com dependentes químicos, foi confirmado que as pessoas conseguem abandonar os remédios mais facilmente e com menos sofrimento. Com a prática, elas aprendem a perceber os movimentos que a mente faz, e assim conseguem ter controle sobre sua ansiedade.

PESQUISAS

Pesquisas e estatísticas apontam vários indícios na existência de interações entre a saúde física e a saúde mental, afirmou o artigo publicado na revista científica British Medical Journal (BMJ)

“A meditação não é uma religião ou um modismo new age. É neurociência”, diz a americana Janice Marturano (Institute for Mindful Leadrship).

Um estudo da UCLA (Universidade da Califórnia) mediu os níveis hormonais de voluntários antes e depois de meditar. Os resultados comprovaram que após a sessão, houve aumento significativo dos níveis de endorfina (hormônio que traz a sensação de bem estar).

Pesquisadores também demonstraram queda nos níveis de cortisol e adrenalina (associados ao stress e à ansiedade) entre os meditantes. Quanto maior o relaxamento ativo alcançado com a prática, maior foi a redução desses hormônios.

Os resultados positivos são amplamente confirmados através destas pesquisas científicas. Os benefícios se tornam visíveis para todos os que utilizam esta prática, integrando a meditação na rotina de seu dia a dia.

Veja alguns benefícios da meditação já comprovados cientificamente:

  • melhora no sistema cardiovascular e sistema imunológico
  • redução da pressão arterial e de dores de cabeça
  • diminuição do consumo do tabaco, do álcool e drogas
  • melhora na qualidade do sono
  • aumenta de bem-estar e autoestima
  • alivia o stress e a ansiedade
  • diminui a insônia e depressão
  • estimula a criatividade, inteligência e memória
  • melhora o processo de tomada de decisão
  • melhora na concentração e o foco no presente

EFEITOS DA MEDITAÇÃO NA SEGURANÇA 

A polícia Militar de São Paulo, realiza um projeto de meditação.  Segundo o tenente-coronel Márcio da Silva (um dos policiais que participa) diz que “as meditações proporcionam mais tranquilidade, calma e serenidade na vida profissional e familiar.

efeitos da meditação

Tensão diária: “os policiais são pessoas que podem se beneficiar desta técnica, para lidar melhor com o stress e com as emoções. Ajuda a ter mais empatia”, garante Marcelo Demarzo, coordenador do Mente Aberta - centro de pesquisa ligado à Unifesp. (Folha de São Paulo)

efeitos da meditação

Uma pesquisa feita no presídio de segurança máxima em Massachusetts(USA) com detentos que praticavam meditação, comprovou que eles chegaram a um nível mais elevado de desenvolvimento, em termos de raciocínio moral e desenvolvimento do ego.

Com a prática regular da meditação, prisioneiros que geralmente sofrem um grau de stress muito elevado, tendem, de maneira espontânea, a serem menos impulsivos e mais capazes de avaliarem suas ações. A pessoa começa a agir corretamente de maneira espontânea.

EFEITOS DA MEDITAÇÃO NAS EMPRESAS 

Criada para levar à iluminação espiritual, a antiga prática oriental chega às empresas com uma nova finalidade – acalmar mentes e turbinar desempenhos. 

efeitos da meditação

O Google é uma das empresas que incentivam seus colaboradores a praticarem a meditação.

Ao som de mantras ou técnicas respiratórias, a meditação deixou os estúdios com cheiro de incenso, para desbravar as salas acarpetadas das empresas.

No Google, o gigante americano de tecnologia, há até um guru próprio, Chade-Meng Tan, engenheiro de formação. Ele usava o tempo livre que o Google dá aos funcionários para estudar comportamento humano, neurociência e filosofia budista.

Suas pesquisas deram origem ao curso "Procure dentro de você", um trocadilho com o famoso mecanismo de busca do Google para a internet. O curso ensina aos funcionários interessados, as técnicas de meditação e os conceitos de inteligência emocional reunidos por Tan.

Nas discussões, a meditação é considerada uma das principais ferramentas.

Os executivos e empresários buscam soluções para resolver um paradoxo moderno. Como as empresas, que precisam de funcionários conectados o tempo todo, devem ajudar seus empregados a se desligar de tanta tecnologia para se concentrar, produzir e ter ideias criativas?

esensetreinamentos.com.br/porque-esta-errado-so-administrar-o-tempo-para-alcancar-resultados/

As pesquisas e depoimentos de empresas são conclusivos: a prática diária de funcionários de empresas, que meditam durante o expediente, melhora o ambiente, os relacionamentos e a produtividade.

EFEITOS DA MEDITAÇÃO NA EDUCAÇÃO

Algumas escolas no Brasil já estão apostando nos benefícios da meditação para o bem-estar e o comportamento dos alunos.

efeitos da meditação

As crianças aprendem a ficar em silêncio e passam a se relacionar melhor com parentes e colegas. “Elas ficam mais criativas e melhoram seus resultados na escola. A meditação tem afetado de forma muito positiva o processo pedagógico da criança” afirmam as pesquisas já realizadas.

As técnicas de meditação e outras práticas contemplativas trabalham a atenção, as emoções, a aprendizagem, a convivência e o desenvolvimento de processos decisórios.

A meditação é capaz de melhorar o desempenho cerebral, especialmente em tarefas que exigem concentração.

Melhora do raciocínio - estudantes que usam esta prática, tem um desempenho melhor em testes de compreensão de texto, e a concentração e a memória de curto prazo melhoram. Os efeitos da meditação se refletem nos resultados finais dos alunos.

“O cérebro de pessoas que meditam recruta menos áreas cerebrais para realizar uma determinada tarefa, como se fizesse uma maior ‘economia’, o que se traduz em mais foco e concentração. Um desafio no mundo cheio de estímulos em que vivemos”, diz a psicobióloga Elisa Kozasa, do Instituto do Cérebro do Hospital Israelita Albert Einstein.

http://www.esensetreinamentos.com.br/dicas-para-acalmar-os-pensamentos/

CONCLUSÃO

Alguns efeitos da meditação valorizam o aspecto espiritual. Outros destacam os benefícios para a saúde. Mas todos prometem acalmar a mente.

Parece contraditório que as técnicas de meditação tenham virado uma ferramenta em prol da competitividade. Elas foram concebidas por filosofias orientais com o objetivo de fomentar o autoconhecimento e o respeito mútuo entre os seres humanos. Para os puristas, essa apropriação é quase uma blasfêmia. Para os adeptos modernos, trata-se de objetivos não antagônicos, totalmente conciliáveis.

Os avanços das pesquisas científicas comprovam os reais benefícios do hábito oriental para a mente e para o corpo. Devido aos efeitos da meditação, esta prática ganha cada vez mais adeptos no ocidente.

Esta busca é pelo autoconhecimento aplicado em todos os setores da vida. O que as pessoas desejam é um encontro consigo mesmas. Um lugar interno onde possam se recolher, recuperar suas energias e forças para se transformar em um ser melhor. 

Conclusão! A meditação é o primeiro passo do caminho para o autoconhecimento. Depois que você olha pra dentro de sua mente, e começa a entender como ela funciona, inicia uma outra caminhada. Depois temos que entender o que está acontecendo do lado de fora, isto é, com os outros seres vivos.

http://www.esensetreinamentos.com.br/segredos-que-voce-precisa-conhecer/

E finalmente, tem que haver uma interação com esses dois mundos. Para isso você também precisa entender como os outros funcionam. Cada um é um mundo a parte. E todos estamos ligados a tudo. Conheça o seu perfil e você terá clareza para seguir este caminho da vida com segurança e leveza. Boa caminhada!


Compartilhe este artigo:
>